• site
  • aporte@aporte.biz
  • +55 81 3427.4040
  • +55 81 3312.3600

Post da tag: abap

27 Jun 12

No último dia 31 de maio, o presidente dos Diários Associados do Nordeste, Joezil Barros, completou 75 anos, 55 dos quais dedicados ao Diario de Pernambuco. Reconhecendo a sua importância para o mercado de publicidade do Estado, o Sinapro-PE (Sindicato das Agências de Propagandas de Pernambuco) e a Abap-PE (Associação Brasileira de Agências de Publicidade – Capítulo Pernambuco) promoveram um almoço de homenagem ao jornalista, no Spettus Derby, nesta quarta-feira.

No encontro, foi lembrada a trajetória de Joezil, a buy viagra online south africa com um anúncio, publicado por ambas as entidades em 31 de maio, no DP, relacionando momentos importantes da carreira do jornalista à história do Brasil. Para o presidente da Abap-PE e diretor da Aporte Comunicação, Ângelo de Mello, essa trajetória se mistura à história recente de Pernambuco e ao desenvolvimento da propaganda no Estado. “O mercado publicitário deve muito à visão larga de Joezil, um dos maiores incentivadores do negócio da propaganda. Isso se traduz no carinho e no respeito que nós temos a ele”, ressaltou.

“É uma homenagem mais do que merecida, que já devíamos há tempos, a um amigo de todas as horas”, destacou o presidente do Sinapro-PE, Antônio Carlos Vieira, destacando a presença maciça dos publicitários no almoço.

Emocionado, Joezil agradeceu a homenagem relembrou sua história no Diario de Pernambuco, paralela à a canadian pharmacy order viagra Pernambuco. “A capacidade e a união de vocês, publicitários, são as razões do permanente sucesso desse mercado. Graças a isso, Pernambuco continua falando para o mundo. E sendo ouvido”, comemorou o presidente.

1 Jun 12

Abertura do V Congresso

Entre segunda e quarta-feira, as agendas mais abarrotadas precisaram parar para discutir as principais questões da comunicação no Brasil. O V Congresso da Indústria da Comunicação, que rolou entre 28 e 30 de maio, reuniu os principais nomes do setor em São Paulo, e a Aporte Comunicação não poderia ficar de fora. Entre os mais de 1,3 mil participantes, uma comitiva da agência integrou as 13 comissões, formada por pessoas de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal.

Aliás, Pernambuco foi o estado que levou a maior comitiva para o V Congresso, com 49 pessoas. Tudo fruto do esforço de divulgação da Abap/PE e do Sinapro  junto às agências. Em todas as 13 comissões, nomes de peso do mercado debateram os temas, formulando propostas para integrar um documento de determinações para a indústria da comunicação. É um privilégio poder fazer parte de decisões tão importantes.

Comitiva de Pernambuco

Na comissão de Grandes Eventos, por exemplo, o ex-jogador Ronaldo foi um dos debatedores sobre os desafios e oportunidades de acontecimentos como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos no Brasil. O chef Alex Atala e o artista plástico Vik Muniz encabeçaram os questionamentos sobre Criatividade e Sucesso. Os profissionais de mídia discutiram o futuro da profissão na comissão Novas Tecnologias depois de serem provocados por esse vídeo.

Quem viu, sabe como foi importante. Quem não viu, vale a pena dar uma olhada na cobertura da Meio & Mensagem, que resumiu as comissões e disponibilizou as propostas aprovadas: Liberdade, o maior legado do V Congresso. O evento foi realizado pela Abap e mais 37 entidades.

6 Mar 12

Publicado no Mercado no Ar.


O publicitário e sócio-diretor da Aporte Comunicação, Ângelo Melo, que desde maio do ano passado assumiu a presidência da Abap Pernambuco é o entrevistado de hoje da coluna Mercado Publicitário. Ele falou, entre outros assuntos, sobre o road show, que a Abap nacional promoveu, semana passada Recife, com a apoio da Abap Pernambuco e do Sinapro, para divulgar o 5º Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação. Ângelo Mello também discorreu sobre o que o mercado publicitário de Pernambuco pode esperar do Congresso Brasileiro, e o que a Abap pretende implementar para arregimentar o maior número de profissionais e empresas da indústria da comunicação para a quinta edição do Congresso em São Paulo. Acompanhe a entrevista:

Seabra Neto – Recife foi a praça escolhida para receber, o primeiro road show, promovido pela Abap, semana passada, para divulgar o 5º Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação. Como você avaliou essa decisão?

Ângelo Mello: Vejo como prova de prestígio do nosso mercado, a Abap ter escolhido o Recife para começar essa peregrinação de mobilização para o grande encontro que será realizado em São Paulo, no final de maio. A intenção de tudo isso é aproximar os profissionais de comunicação de todo o país, incluindo agências, veículos e empresas da indústria da comunicação. Serão ao todo 10 capitais que a Abap e o Fórum Permanente da Indústria da Comunicação irão visitar apresentando o road show do 5º Congresso. Agora, se por um lado vejo reconhecimento do nosso prestígio, por outro, entendo que aumenta nosso compromisso de comparecer em peso com uma expressiva comitiva no evento.

Seabra Neto – O que o mercado publicitário pode esperar do 5º Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação?

Ângelo Mello: Considero de importância vital a participação das agências do mercado no Congresso da Indústria da Comunicação. Trata-se de uma grande oportunidade para ficarmos em dia com temas relevantes que irão influir diretamente nos nossos negócios. Ainda mais, estando em Pernambuco, estado que cresce em ritmo econômico galopante, com níveis superiores ao próprio crescimento do país, hoje apontado nacionalmente como o estado bola da vez, atraindo para cá investimentos estruturadores, empresas e grandes marcas. O ambiente de mudanças que vivemos vai além das novas tecnologias, do novo comportamento do consumidor, das novas mídias. Ele passa também por um momento de clara descentralização do desenvolvimento do Brasil. Nossas agências precisam estar preparadas para dar um grande salto e o Congresso consolida e nos antecipa questões relevantes para isso.

Seabra Neto – Qual será a participação do mercado publicitário e da comunicação de Pernambuco no Congresso?

Ângelo Mello: Considerando todas as contingências impostas ao nosso mercado para participar de um encontro como esse, temos que reconhecer nosso bom histórico como participantes desse Congresso. Estamos, tanto a Abap-PE como o Sinapro-PE, mobilizados para arregimentar uma grande comitiva. Fizemos um grande evento na última quinta-feira. Levamos agências, veículos e fornecedores para conhecer em primeira mão detalhes do evento, numa brilhante exposição de Luiz Lara, presidente nacional da Abap.

Seabra Neto – E qual a estratégia da Abap-PE para arregimentar o maior número de profissionais e empresas para o Congresso?

Ângelo Mello: Já contactamos uma agência de viagem, que já formatou pacotes vantajosos e convenientes para atender nossos publicitários. Vamos fazer ainda outras ações e exposições que estimularão nossa presença. Contaremos ainda com o apoio de divulgação dos veículos, sempre parceiros de nossos eventos. Temos certeza que o mercado responderá positivamente.

Seabra Neto – Em sua opinião, como o mercado publicitário de Pernambuco está situado no mercado nacional da indústria da comunicação?

Ângelo Mello: Esta avaliação pode se dar em vários aspectos. Se considerarmos o nível de criatividade de nossas agências, podemos assegurar que em nada ficamos a dever para os demais mercados. Sob o ponto de vista das agências, suas estruturas e sua tecnologia, temos o mercado muito bem atendido, dentro das proporções que ele exige. Vemos com satisfação, a atitude de clientes de envergadura nacional, que mantém suas contas atendidas por agências locais, alguns inclusive voltando a ter esse tipo de atendimento. Alertamos, porém, que o processo de mudanças por que passamos exige novos investimentos. E isso vale para as agências daqui e de qualquer outro lugar.

Seabra Neto – E qual o caminho para ampliar a participação das agências locais no mercado nacional?

Ângelo Mello: Vivemos um momento econômico raro na nossa história, onde o Nordeste e Pernambuco se sobressaem. Conhecer o mercado, saber de suas peculiaridades, entender o consumidor, identificar oportunidades reais. Tudo isso passa a ser ainda mais valorizado para uma comunicação eficiente e de resultados. Por aí, vejo grandes chances de negócios para todas as agências do nosso mercado, desde que se estruturem, invistam no talento e no conhecimento e, acima de tudo, acreditam em suas ideias.

Seabra Neto – Finalizando, qual o balanço que você faz do mercado publicitário de Pernambuco em 2011 e o que você espera do mercado para 2012?

Ângelo Mello: Em 2011, tive a oportunidade de, pela primeira vez, ver o mercado sob o olhar de dirigente de uma entidade da categoria. Como presidente da Abap-PE, pude constatar o vigor criativo e empresarial de nossas agências, sua inquietação diante dos desafios dos novos tempos, sua capacidade de agir e se costurar com as próprias linhas. Assistimos agências menores brilharem, outras se unirem e até movimentações significativas de investidores, atentos ao tamanho e às perspectivas promissoras do nosso mercado. 2012 será um grande ano. Um ano que mostrará os efeitos do que foi feito no nosso mercado em 2011. Um ano em que promoveremos grandes encontros das agências no Fórum da Propaganda de Pernambuco, trazendo importantes profissionais para debater conosco temas relativos à governança de nossas empresas. Um ano que nos encherá de novas ideias, trocas de experiências e informações, trazidas pelo 5º Congresso da Indústria da Comunicação. Estamos todos muito animados. Que Deus nos dê saúde para realizar.

29 Feb 12

Divulgação

Março vai começar com um encontro importante para o mercado publicitário. Nesta quinta-feira (1º de março), a Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) promove um road show no Recife, com a presença do presidente nacional do órgão, Luiz Lara.

Recife é a primeira cidade do Brasil a receber a comitiva da Abap, que passará por um total de dez cidades, o que indica a força que o mercado de Pernambuco tem no cenário nacional. O objetivo é divulgar a programação do 5º Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação, que acontecerá em São Paulo, de 28 a 30 de maio, reunindo profissionais e principais entidades para debater os temas mais relevantes relacionados aos nossos negócios.

Os convidados do road show, representantes de agências, veículos, fornecedores e anunciantes, vão se reunir no auditório do JCPM. A realização também é da Abap-PE e do Sinapro-PE.